Novo elenco do Interclube toma posse em Luanda

O novo presidente da formação afecta à Policia Nacional, Alexandre Canelas, dirige o clube no ciclo olímpico 2020/2024 com novos métodos de gestão assente na motivação para conquistar títulos em varias modalidades

A nova direcção do Interclube, formação que pretende afirmar-se no país, toma posse hoje no Instituto de Ciências Policiais, em Luanda.

No ciclo olímpico 2020/2024, o clube afecta à Polícia Nacional vai ser presidido por Alexandre Canelas, homem do desporto.

No ciclo vigente, o responsável conta com Manuel António Camulogi na vice-presidência e outros membros ligados à família Interclube.

Por isso, o programa de acção prevê investimentos no homem e nas infraestruturas, pois a ideia é tornar a formação azul e branca uma potência em Angola.

Alexandre Canelas definiu a entrega e o amor ao trabalho como “armas” para se atingir o sucesso nos projectos do Interclube.

“Vamos nos despir do conceito de obrigação nos próximos tempos, deste modo vamos aplicar métodos rigorosos de gestão”, adiantou o novo presidente.

O dirigente admitiu que as técnicas de motivação em matéria de desporto serão transversal em todas as modalidades do clube.

Isto vai permitir conquistar troféus e estar próximo daqueles que dominam o pódio dentro e fora do continente africano nos últimos tempos.

Para além do futebol e o basquetebol, o atletismo e o judo também são modalidades ganhadoras no clube do Rocha Pinto.

Por isso, a aposta será maior, uma vez que elevam sempre a bandeira do clube dentro e fora de Angola nas competições internacionais.

No futebol, o Interclube não está mal, pois, já conquistou o Girabola, Campeonato Nacional, num período em que esteve no auge.

Alexandre Canelas substitui no cargo Alves Simões, dirigente que já conquistou vários títulos com a camisola azul e branca do Interclube.

leave a reply