Banda Movimento “afina” baterias para Live do Show do Mês

Para brindar os fãs neste evento, o agrupamento musical, fundado em 1999, realiza os ensaios de forma faseada desde a passada Segunda-feira, de modo a proporcionar o melhor do seu reportório, neste concerto que contará com músicos convidados

A Banda Movimento, um dos conjuntos de maior referência no país, prepara o reportório que apresentará no Live do Show do Mês, a ser realizado amanhã, Sábado, 25, a partir das 16 horas, numa iniciativa da produtora Nova Energia, que será transmitido no canal 2 da Televisão Pública de Angola.

Para brindar os fãs neste evento que também será transmitido no Youtube da Nova Energia, o agrupamento fundado em 1999 efectua os ensaios de forma faseada desde Segunda-feira, e, prossegue hoje, com o objectivo de aprimorar o programa que pretendem apresentar.

Hoje, Sexta-feira, 24, o conjunto que se destaca no estilo musical Semba, vai ainda realizar uma pré-ilustração daquilo que será o concerto, com o elenco, que contará com músicos convidados, sendo que um dos quais vai interpretar canções do músico Day Doy, compositor e interprete de, Semba, falecido em 2009, vítima de doença.

O guitarrista solo da banda, Teddy N’singui, disse a OPAÍS que pretendem brindar os telespectadores e internautas com momentos inéditos, para animar a tarde dos fãs neste período de confinamento, em que se encontram em casa, em consequência da pandemia do novo Coronavírus, que tem vindo a dizimar muitas vidas no mundo.

Reencontro

O solista referiu, por outro lado, que estão expectantes com o evento, que vai unir os membros da banda, que desde Março, em função do período de confinamento social, interromperam-se as actividades culturais, para evitar a disseminação da doença.

“Desde Março, esta será a primeira vez que o conjunto vai trabalhar, no seu todo. Alguns membros têm trabalhado em Lives, mas neste concerto estaremos todos a actuar. Conversávamos às vezes, via telefone, mas o reencontro é sempre bem-vindo. Por isso, estamos felizes e muitos expectantes”, contou.

Avançou que devido à rigidez de algumas composições, achou-se necessário inserir na banda instrumentalistas de sopros, entre eles o saxofonista, trompista e trombonista, de modos a acompanhar os vários ritmos musicais que serão alí cantados.

Encontro do Semba adiado

Teddy salientou que antes mesmo da decretação do Estado de Emergência em Março, a produtora Nova Energia, pretendia realizar um concerto, denominado “Encontro do Semba” com a banda e amigos, mas que foi cancelado devido a presente situação, relacionada com à doença do novo Coronavírus.

Entretanto, com a presente realização, manifestou-se satisfeito e pretendem apresentar os temas musicais de melhor sucesso de pista, que constam dos trabalhos discográficos do conjunto, assim como outras novidades.

“Neste momento a Nova Energia é uma das poucas produtoras que está com um trabalho muito diferente das outras. Não estou a criticar as demais, mas essa produtora tem apoiado muito os artistas, que nesta fase de confinamento estão sem trabalhos, para poder rentabilizar”, enalteceu.

O conjunto

A Banda Movimento foi fundada em 1999, sob iniciativa do Movimento Espontâneo. Fizeram parte da formação inicial Romão Teixeira (baterista), Quintino (guitarra ritmo), Teddy N’singui (guitarra solo), Massoxi (percussão), Neto (teclado) e Domingos Lopes (baixista). Em 2002 passou a integrar um projecto da Rádio Nacional de Angola, altura em que foi incorporado o teclista Chico Magne.

Actualmente fazem também parte do conjunto musical Nino Groba, (teclado), Mias Galheta (baixo), Mister Kim (voz e coro), Beth Tavares e Dorgan Nogueira (coros).

error: Content is protected !!