ONU aceita realizar sessão do Comité de Sanções e Peritos sobre a Líbia

O Conselho de Segurança (CS) da Organização das Nações Unidas (ONU) respondeu ao pedido da Líbia de organizar uma audiência especial sobre a Líbia para o Comité de Sanções e Equipa de Peritos, anunciou o delegado permanente da Líbia junto das Nações Unidas, Taher al-Sunni

Al-Sunni explicou, nesta Quinta-feira, que esta sessão do CS, cuja presidência rotativa é assumida pela Alemanha, aceitou, com o apoio de vários países, o pedido do Governo líbio de União Nacional, de realizar uma sessão em finais de Julho corrente, na presença dos países citados nos relatórios internacionais e dos Estados implicados na violação do embargo sobre as armas na Líbia, nas tentativas de contrabando de petróleo e noutras violações das resoluções do CS. 

Em meados de Julho corrente, o Ministério dos Negócios Estrangeiros do Governo de União Nacional anunciou ter submetido um pedido para uma sessão do Comité de Sanções e Peritos sobre a Líbia, através da sua Missão junto das Nações Unidas, anunciou o diplomata líbio. 

Explicou que este pedido se inscreve no quadro dos esforços do Ministério “para desmascarar os países que contribuíram e contribuem ainda para apoiar (..) as tentativas de militarização do Estado e de controlo do potencial do país. 

” Os países, como os Emiratos Árabes Unidos, principais aliados do marechal Khalifa Haftar, foram citados em relatórios do Comité de Sanções como sendo violadores do embargo sobre as armas imposto à Líbia desde 2011. 

error: Content is protected !!