Kabuscorp já pensa no Girabola 2021/2022 

A equipa do Palanca, presidida por Bento Kangamba, já pensa no regresso ao Campeonato Nacional, uma vez que o castigo imposto pela FIFA devido ao caso Rivaldo continua a vencer

A direcção do Kabuscorp do Palanca, formação que sofre uma penalização da FIFA por razões de dívida com o craque Rivaldo, já pensa no Girabola 2021/2022. 

A formação do Palanca cria as condições técnicas e administrativas para reaparecer em grande na maior festa do futebol angolano. 

Por esta razão, vai começar pela Segundona, prova que “atira” os candidatos à primeira divisão do Campeonato Nacional. 

O presidente do Kabuscorp do Palanca, Bento Kangamba, em declarações à imprensa, adiantou que estão a criar condições para o efeito. 

Com isso, os aspectos que dão vida ao clube já estão em curso, logo a alegria dos adeptos está a ser preparada com muitas cautelas. 

Bento Kangamba fez saber também que novos ventos vão soprar no clube, aliás, já tombou clubes de peso no Campeonato Nacional de futebol. 

A formação do Palanca já conquistou o Girabola, num período em que ultrapassou muitos adversários de peso durante anos. 

No Girabola, o Kabuscorp do Palanca animou trazendo jogadores de peso e de várias nacionalidades no Campeonato Nacional. 

O congolês Tresor Mputo Mabi e o brasileiro Rivaldo são as referências que o emblema do Palanca animou, num passado recente, a maior festa do futebol em Angola nos últimos anos. 

leave a reply