Presidente da Federação Guineense suspenso por 10 anos

A FIFA anunciou ontem a suspensão por 10 anos do presidente da Federação de Futebol da Guiné-Bissau, Manuel Nascimento, de desempenhar funções ligadas ao desporto.

Considera a FIFA que o líder federativo “falhou em proteger a integridade física e mental de um homem que foi vítima de um ataque em massa”, caso que ficou documentado em vídeo e que valeu ainda uma multa de 100 mil francos suíços (cerca de 93 mil euros) ao dirigente.

Um castigo anunciado na véspera das eleições na federação, nas quais Manuel Nascimento procura um terceiro mandato de quatro anos.

error: Content is protected !!