Falta de divisas afastam Quezada do 1º de Agosto

A dificuldade em transferir os salários, em moeda estrangeira, do atleta norte-americano Emanuel Quezada terá contribuído para a não renovação do contrato com a equipa sénior masculina de basquetebol do 1º de Agosto, segundo uma fonte ligada ao processo.

A disputa ou não do Campeonato Nacional sénior masculino 2020/2021, por força da Covid- 19, influenciou, quiçá, a decisão do clube militar.

Quezada chegou a Angola em 2016 vestiu a camisola do Petro de Luanda, equipa com a qual conquistou vários troféus, e pelos mesmos motivos, à época, transferiu-se para o rival 1.º de Agosto.

Em quatro épocas, Emmanuel Quezada foi das unidades mais valiosas da equipa, embora no ano passado tivesse perdido o campeonato para a sua antiga equipa.

O 1º de Agosto, vai ser orientado por Manuel Sousa “Necas”, Armando Costa e Hermenegildo Santos (bases), Edson Ndoniema “Lapa”, Islando Manuel “Papá Ngulo”, Malick Cissé, Fidel Cabita, Pedro Bastos, Gilson Bango (extremos) e os postes Eduardo Mingas, Felizardo Ambrósio “Miller” e Teotónio Dó são os atletas para a nova temporada.

error: Content is protected !!