Covid-19 está em 10 províncias e já matou 52 pessoas

A pandemia do novo Coronavírus (Covid-19) está a alastrar- se aos poucos pelo país, sendo que, neste momento, 10 das 18 províncias já registaram casos positivos. Nas últimas 24 horas foram confirmados mais 39 novos casos, um óbito e 39 recuperados, elevando a cifra para um total de 1.148 infectados, dos quais 440 recuperados e 52 mortos

O secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda, anunciou, ontem, em Luanda, que quatro dos 39 novos casos diagnosticados estão localizados no município do Soyo, província do Zaire, envolvendo trabalhadores da Base do Kwanda, e um no Luena, província do Moxico.

O governante, que falava na habitual actualização diária sobre a pandemia da Covid-19 no país, esclareceu que os cinco casos acima especificados foram importados de Luanda.

Em relação ao cidadão diagnosticado com o vírus no Moxico, disse tratar-se de um homem de 34 anos de idade que esteve em quarentena institucional há 7 dias no Luena, onde se fez a colheita da amostra e o seu respectivo envio para ser analisado em Luanda, com base na biologia molecular.

O resultado foi positivo, tornando o cidadão no primeiro portador do Coronavírus nesta província. De realçar que, quanto ao género, 28 deles são sexo do masculino e 11 do sexo feminino.

Sobre a pessoa que morreu em consequência desta doença, Franco Mufinda disse trata-se de uma cidadã de 62 anos de idade, doente em estado crítico, que estava internada no Hospital Militar de Luanda. Porém, por complicações da hipertensão arterial desenvolveu um quadro respiratório agudo que provocou a sua morte.

Por outro lado, o secretário de Estado fez saber que medidas de saúde pública estão a ser tomadas pelo Governo Provincial de Luanda e pela Comissão Provincial de Prevenção e Combate à Covid- 19, pelo Gabinete Provincial de Saúde do Zaire e autoridades sanitárias da Angola LNG.

Explicou que os casos na província já estão isolados e em tratamento. No entanto, hoje, uma delegação liderada por ele, da qual farão parte técnicos da equipa de resposta rápida de nível nacional e da direcção nacional dos hospitais, desloca-se ao hospital. Deste modo, ocorrerá uma maior supervisão das medidas e reforço da capacidade de formação sobre as mudanças epidemiológicas, a vigilância laboratorial, bem como as medidas de bio-segurança.

País conta 1.148 infectados

Neste momento, a Covid-19 expandiu-se a 10 províncias de Angola, nomeadamente Luanda, Bengo, Cuanza Norte, Cuanza Sul, Cunene, Cabinda, Zaire, Moxico, Uíge e Lunda Norte.

Actualmente, o país tem um total de 1.148 casos, entre os quais 437 recuperados, 52 óbitos e 659 casos activos. Dentre estes, 18 estão em estado grave, seis em estado crítico e com ventilação mecânica invasiva e um a necessitar de hemodiálise.

Do total de amostras recebidas até agora pelo laboratório de biologia molecular, foram processadas 64.109 amostras, das quais 1.148 positivas. De momento fez-se 36.736 testes de biologia molecular, dos quais 2.144 foram reactivos.

“Mais um voo humanitário com 283 passageiros pousou em Luanda”

A informação foi avançada pelo secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda, que declarou à imprensa que ontem chegou mais um voo humanitário da TAAG, proveniente do Porto (Portugal) com 283 passageiros, que se encontram já em quarentena institucional.

Por outro lado, explicou que os 278 passageiros provenientes de Portugal estavam em quarentena institucional lá e receberam alta, sendo que apenas um se manteve em quarentena após a testagem, por ser um caso reactivo.

error: Content is protected !!