Associação de Taekwondo da Huíla quer sede própria

Para dar mais dignidade à modalidade, o novo presidente da Associação Provincial, António Ekonga, fez saber que vai trabalhar neste ciclo olímpico para conseguir uma sede própria e massificar mais a modalidade

O recém-eleito presidente da Associação Provincial de Taekwondo (APT) da Huíla, António Pedro Ekonga, disse que vai trabalhar para conseguir uma sede própria, tendo em vista o quadriénio olímpico 2020/2024.

Para concretizar esta pretensão, o substituto de António Vapor na instituição disse que vai contar com o apoio de entidades da província e de todos os associados de modo a desenvolver a modalidade nas terras do ‘Cristo Rei’.

O recém-eleito presidente da Associação Provincial de Taekwondo revelou que vai dar o seu máximo para incentivar os jovens a praticar este desporto de combate que é muito apreciado na Huíla.

“Para aqueles que depositaram confiança no meu elenco podem esperar muito trabalho e dedicação desta direcção”, assegurou.

A província da Huíla tem participado com frequência nos campeonatos nacionais organizados pela Federação Angolana da modalidade, encabeçado por Salomão Monteiro Lumbo “Mestre Flash” que termina o seu mandato este ano.

error: Content is protected !!