Covid-19 mata três pessoas e infecta mais de 80 num só dia

O secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda, revelou, ontem, à imprensa, que foram detectados 81 novos casos de Covid-19, 15 pessoas recuperaram e três morreram nas últimas 24horas, perfazendo um total de 58 mortes desde o aparecimento do primeiro caso em Angola

Mais três cidadãos angolanos, com idades compreendidas entre os 38 e 59 anos, dos quais uma cidadã de 38 anos de idade, morreram ontem, em Luanda, em consequência da Covid- 19, anunciou o secretário de Estado para a Saúde Pública.

Duas delas estavam internadas no Hospital Militar e apresentavam várias co-morbilidades associadas à Covid-19. Já outra, que estava a ser acompanhada na Clínica Sagrada Esperança, foi diagnosticada com drepanocitose associada à Covid.

Franco Mufinda, que falava na habitual actualização diária sobre a pandemia no país, explicou que dentre os 81 novos infectados seis são cidadãos da província de Cabinda, um do município do Dande (província do Bengo) e igual número da província do Uíge.

No que tange ao género e idades dos infectados, disse que 60 são do sexo masculino e 21 do feminino, com idades compreendidas entre quatro e 93 anos.

Quanto às localidades dos 73 casos registados na província de Luanda, esclareceu que estão distribuídos por Belas, Cacuaco, Talatona, Kilamba Kiaxi e Viana.

Por outro lado, Franco Mufinda fez saber que nas últimas 24 horas recuperaram 15 pessoas das mais de 600 infectadas com a Covid-19 que estão a ser assistidas.

Neste momento, a estatística aponta para a ocorrência de um total de 1.280 infectados, dos quais 58 óbitos, 476 recuperados e 746 activos. Dentre os activos, 20 estão em estado grave, quatro em estado crítico e 27 estão moderados, o restante são assintomáticos.

Entretanto, Franco Mufinda salientou a observância das medidas de prevenção contra a Covid-19 face ao aumento de casos e de óbitos. Medidas essas que passam pelo uso obrigatório da máscara, a lavagem frequente das mãos, bem como o uso do álcool-gel.

“Pedimos cada vez mais o envolvimento da comunidade. Nós todos devemos ser partícipes deste processo de luta contra a Covid-19.

Só assim poderemos chegar ao sucesso almejado”, clamou.

Mais de 50 motoristas reactivos nas últimas 24 horas

Franco Mufinda anunciou que 600 motoristas foram testados ontem, dos quais 53 foram reactivos.

O laboratório de Biologia Molecular já processou 64.896 amostras, das quais 1.280 foram positivas, de acordo com o nosso interlocutor.

Por outro lado, o Centro Integrado de Segurança Pública (CISP) recebeu, no período em referência, mais de 50 chamadas relacionadas com pedidos de informação sobre a Covid-19.

Mais 700 testes rápidos serológicos nas últimas 24 horas

Sobre a testagem serológica, Franco Mufinda fez saber que no período em referência foram processadas 741 testes rápidos serológicos, dos quais 78 foram reactivos. No total, foram realizados 39.075 testes rápidos serológicos no país.

Por outro lado, disse que nas últimas 24 horas 109 pessoas receberam alta, sendo 15 na província de Luanda, 68 em Cabinda, nove na Lunda- Norte, cinco no Cunene, quatro no Uíge e Cuando Cubango, três no Moxico e uma no Zaire.

De recordar que o novo Coronavírus (SARS-CoV-2), responsável pela pandemia da Covid-19, surgiu na China em Dezembro de 2019. O surto espalhou-se pelo mundo e já vitimou centenas de milhares de pessoas, tendo levado a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia global.

leave a reply