Lições de combate à Covid-19 abordadas em livro

Ivani Valente, mestrando em Relações Internacionais pela Universidade Lusíada de Angola, apresenta, hoje, às 11 horas, em Luanda, 20 lições que alguns líderes mundiais deixam para a humanidade sobre a forma como se combate pandemias como a Covid-19

O porquê deste título: As 20 Lições de Gestão & Liderança dos Líderes Mundiais Contra a Covid-19?

A humanidade está a enfrentar um momento marcante. Por todo o mundo, as pessoas tendem a ver apenas o lado negativo da situação que estamos a enfrentar. O título sugere que há lições positivas que podemos colher da situação de calamidade pública mundial.

O que o levou a escrever esta obra?

O facto de eu ser gestor de profissão, aliado ao longo período em que fiquei confinado em casa desde o momento que se decretou o estado de emergência, em Março. Estes dois factores concorreram de modo positivo para que eu começasse a escrever esta obra.

O livro tem algum pendor científico?

Sim. Porque as abordagens são feitas na vertente da ciência de gestão.

Pode nos dizer resumidamente quais são as 20 lições?

Posso aqui afirmar que as lições referenciadas no livro são aplicáveis na gestão pessoal e profissional. O leitor saberá como aplicar cada uma das 20 medidas descritas, tanto na sua vida pessoal como laboral. Algumas das quais são: a criação de cultura de feedback nas organizações e como fazê- lo, a necessidade de se manter o foco e como fazê-lo, a importância do carisma num líder e como adquiri-lo, etc..

O número de casos registados, entre os quais, mortes e recuperados contribuíram para a selecção dos 20 líderes?

Não. O futuro é imprevisível e sabemos que os números referentes a esta pandemia aumentam de modo exponencial inadvertidamente. O factor fundamental foi a forma como cada líder passou a enfrentar, desde o princípio, este combate contra a pandemia.

Quais são os líderes mundiais que o livro aborda?

Alguns são o Presidente de Angola, João Lourenço; o Presidente do Rwanda, Paul Kagame; o Presidente do Uganda, Yoweri Museveni, etc..

Qual foi o critério de escolha de tais líderes?

O critério de escolha foi bastante exaustivo e rigoroso. Resumidamente, foi o posicionamento que cada um dos líderes teve desde o surgimento de casos nos seus respectivos países.

Angola também é um exemplo a ter-se em conta?

Sim.

Angola continua a registar um aumento exponencial de casos de Covid-19. O livro aborda essa possibilidade que estamos a viver?

Eu gostaria tanto que a minha formação académica me habilitasse a fazer isso… Devo dizer que o livro não é a panaceia para o mal que a humanidade está a enfrentar actualmente. Ou seja, não é a cura contra a Covid- 19. (risos). Nem é uma obra elogiosa dos líderes referenciados. É, sim, uma obra elogiosa das medidas de gestão referenciadas. É um livro sobre gestão e desenvolvimento pessoal. Todos os que o adquirirem, cientes deste facto, sentir-se-ão satisfeitos.

Há algum público específico a que o livro é direccionado?

Sim. A todas as pessoas que actuam no campo profissional. Também a pessoas adeptas do desenvolvimento pessoal.

Quanto tempo levou a escrever esta obra?

Eu escrevi esta obra ao longo de 5 meses.

É a sua primeira obra?

Sim.

O livro será lançado no dia 3 de Agosto em que local e hora?

A obra será lançada no dia 3 de Agosto às 11 horas, no restaurante Sabores na Grelha, localizado dentro do Condomínio do BPC, distrito do Camama.

A Covid-19 teve alguma influência na escolha da data e do local para o lançamento da obra?

Certamente que sim. O local do lançamento é aberto, portanto, possibilita o distanciamento físico entre as pessoas que para lá forem.

Que mensagem tem a deixar aos cidadãos angolanos nesta época de Covid-19?

Que mantenham viva a esperança característica do nosso povo e que se lembrem sempre que venceremos somente combatendo juntos a Covid-19, separados fisicamente um do outro.

leave a reply