Rooney critica estratégia “suicida” de Ferguson nas finais contra o Barcelona

O antigo internacional inglês Wayne Rooney, hoje a jogar no Derby County, utilizou o seu espaço semanal no Sunday Times para, perspectivando a segunda mão dos oitavos de final da Champions entre Manchester City e Real Madrid, recordar as duas finais da Liga dos Campeões perdidas pelo Manchester United frente ao Barcelona de Pep Guardiola, em 2008 e 2011.

“Imagino que não vá ser fácil para jogadores de um clube como o Real Madrid irem para um jogo correr atrás da bola. O mesmo aplica-se ao Manchester United. Perdemos duas finais da Champions a querer jogar olhos nos olhos com o Barcelona do Guardiola e a tentar pressionar alto. Foi um suicídio! Lembro-me de o Sir Alex dizer que éramos o Manchester United e íamos atacar, que a cultura do clube era essa… Mas, lá no fundo, todos os jogadores sabiam que aquela estratégia estava errada.

Entendo que isto seja ser leal à cultura do clube mas, no final de contas, acabámos por perder. Para mim, desde que se ganhe, pouco importa como se joga nos grandes jogos da Liga dos Campeões. Vejam o Liverpool na final do ano passado e acho que o Zidane tem a mesma mentalidade”, apontou o avançado.

leave a reply

error: Conteúdo Protegido!