1º de Agosto descarta Lazare Adingono

O presidente de direcção do 1º de Agosto, Carlos Hendrick, descartou, à imprensa a contratação do treinador camaronês Lazare Adingono, técnico que deixou o arqui-rival, Petro de Luanda.

Carlos Hendrick assegurou que outros quadros estrangeiros podem vir a reforçar academia na questão da formação, mas não será com o timoneiro que liderava o Campeonato Nacional ao serviço dos tricolores na recém-anulada competição, devido da propagação novo Coronavírus “Covid-19”.

“Em breve, vamos realizar uma conferência de imprensa para apresentar o plantel para a próxima temporada basquetebolística, logo os adeptos e sócios vão conhecer as novas caras da nossa equipa da bola ao cesto”, garantiu.

Na época 2020/2021 que se avizinha, a turma afecta as Forças Armadas Angolanas vai procurar resgatar o título perdido há dois anos.

Por este motivo, a dircção liderada por Carlos Hendrick garantiu o regresso do base Leandro Jacques da Conceição, filho do antigo craque da Selecção Nacional Jean Jacques da Conceição que apresentou no mês passado a sua candidatura à presidência da Federação Angolana de Basquetebol (FAB).

Nos últimos dois anos, Leandro Jacques da Conceição representou as cores do Sport Lisboa e Benfica (de Portugal), ao passo que Manuel de Sousa “Necas” foi contratado para orientar a equipa principal.

leave a reply