Executivo indica nova Comissão de Gestão para o grupo Media Nova

A TV Zimbo e a Rádio Mais e o jornal OPAÍS, do grupo Media Nova, foram entregues ao Estado no âmbito do processo de recuperação de activos criados com fundos públicos, segundo a Procuradoria Geral da República Geral da República (PGR).

O jornalista Dani Costa é, desde ontem, o novo coordenador da Comissão de Gestão do jornal OPAÍS, refere um comunicado despachado pelo ministro das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social, Manuel Homem.

A nomeação de Dani Costa, que até ontem ocupava o cargo de director adjunto do diário, segue na sequência do processo de reestruturação e passagem do grupo Media Nova da esfera privada para a o Estado no âmbito dos processos da Procuradoria Geral da República (PGR).

No entanto, a actual Comissão de Gestão da Media Nova é liderada pelo jornalista Pedro Neto (coordenador geral), seguindo-se-lhe Cristiano Barros (coordenador para a Rádio Mais), Alda Moniz (coordenador para Área Jurídica), Álvaro Fernão (coordenador para administração e finanças), Aleck Dias (coordenadora para área comercial e marketing).

No entanto, com o processo de reestruturação do grupo Media Nova, que passou para a gestão do Estado, cessaram funções as entidades que integravam o então Conselho de Administração.

Trata-se de Filipe Correia de Sá, presidente do Conselho de Administração, Luís Gomes Paulo, administrador executivo, Kénia Kamotim Soares, administradora executiva, José Kaliengue, director do jornal O PAÍS, Daniel Paulo da Costa, subdirector do jornal OPAÍS.

Cessaram ainda funções Luís Gomes Paulo, director da Rádio Mais, Marco Rodrigues, Francisco Quissola e Edno Pinto, dos cargos de directores adjunto da Rádio Mais. Segundo um comunicado do Ministério da Telecomunicações, Tecnologia de Informação e Comunicação Social, a Comissão de gestão nomeada tem 120 dias para concluir as acções que visam a reestruturação da empresa.

A semelhança do grupo Media Nova, a TV Zimbo conta, desde o dia 1 deste mês, com uma Comissão de Gestão nomeada pelo ministro das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social, Manuel Homem. A comissão de gestão tem como coordenador geral o jornalista Paulo Julião Muacavula. Integra ainda o jornalista Amílcar Xavier, nomeado coordenador para Conteúdos, e Nuno Miguel Van-Dúnem Filipe, coordenador para Área Técnica e de Meios de Produção.

De igual modo, fazem parte da nova gestão Silvina Alcina Tavita Menezes Mendes de Carvalho, coordenadora para os Assuntos Jurídicos, Inalda Marcela da Conceição, coordenadora para Administração e Finanças, e Nádia Lorena Martins Brás, coordenadora para área Comercial e Marketing.

Conforme a nota, a comissão tem 120 dias para concluir as acções que visam a reestruturação da até então empresa privada e submeter o relatório final.

No quadro da reestruturação da TV Zimbo, que passou para a gestão do Estado no último dia 30 de Julho, cessaram funções as entidades que integravam o então Conselho de Administração.

De recordar que a TV Zimbo e a Rádio Mais e o jornal OPAÍS estes do grupo Media Nova, foram entregues ao Estado angolano no âmbito do processo de recuperação de activos criados com fundos públicos, segundo PGR, mas que alegou terem beneficiado, na sua criação, de “apoio e reforço institucional do Estado”.

O Serviço Nacional de Recuperação de Activos promoveu a entrega das empresas privadas da Media Nova S.A e TV Zimbo Teledifusão S.A. ao Ministério das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social.

leave a reply