A Federação Angolana de Futebol (FAF), segundo um comunicado, realiza a Assembleia-geral no dia 14 do corrente mês, em Luanda

Por força da Covid- 19, o acto será efectuado no sistema de videoconferência, no sentido de se evitar o contágio da doença.

No acto, que vai resultar na marcação da data das eleições, criação da comissão eleitoral e outros aspectos ligados ao processo, os participantes vão aprovar o relatório e contas.

O documento em discussão é referente ao mandato anterior do presidente cessante, Artur Almeida, que já assumiu publicamente mais uma corrida à FAF, visando o quadriénio 2020/2024.

Além do dirigente cessante, mais candidatos entram na corrida, mas de forma leviana vão dando a cara à imprensa. Não será uma corrida fácil para Artur Almeida, uma vez que o seu mandato foi muito conturbado por razões financeiras e de gestão.

O antigo director Nacional dos Desportos, Toni Estraga, já assumiu publicamente que vai concorrer, sendo que nas próximas horas os outros candidatos vão sair do armário.

leave a reply