Nova direcção da APF-Huíla pode relançar o futebol feminino

O regresso do futebol feminino na cidade do Lubango, província da Huíla, estará brevemente de regresso, uma vez que os órgãos de direito criam condições para o efeito

O director do gabinete provincial dos desportos da Huíla, Osvaldo Nunda, pediu à nova direcção da Associação de Futebol, encabeçada por Pedro António, para relançar o futebol feminino, tendo em vista o ciclo olímpico 2020/2024.

Osvaldo Nunda reconheceu que, no actual elenco da AFPH, as mulheres estão em força, pois o mesmo espera que as senhoras possam conseguir trazer as jovens à prática da modalidade na província.

Para a concretização deste desejo, o responsável disse que o gabinete que dirige está à disposição da Associação Provincial de Futebol da Huíla para juntos trabalharem e conseguirem apurar mais equipas no Girabola, Campeonato Nacional da primeira divisão. “Já tivemos mais que uma equipa no Nacional, logo esperamos que o novo elenco associativo possa conseguir nos próximos quatro anos colocar mais equipas na maior montra do desporto em Angola”, almejou.

O Desportivo da Huíla é a única da província que tem participado com frequência nos últimos Campeonatos Nacionais e já tem presença garantida para o Girabola 2020/2021, cujo sorteio foi adiado pela segunda vez, devido à Covid-19.

Para a próxima temporada, os militares da Região Sul estão no mercado à procura do substituto do treinador Mário Soares que foi reforçar a equipa técnica do 1º de Agosto, clube tetra-campeão do Girabola.

Aliás, nomes como de Ivo Traça, antigo treinador do clube, e André Macanga, este não chegou a acordo com a direcção do Recreativo do Libolo do Cuanza- Sul, são os timoneiros que estão em negociações avançadas com a direcção do Desportivo da Huíla.

leave a reply