COVID-19 despede 55 funcionários 

O Arsenal anunciou o despedimento de 55 funcionários. Através de um comunicado, o emblema londrino justifica as saídas com a quebra verificada nas receitas devido à pandemia de Covid-19. 

“O nosso objetivo sempre foi proteger os empregos das pessoas ao máximo, mas chegámos a um ponto em que temos de deixar sair 55 funcionários. É uma decisão que não foi tomada de ânimo leve, mas com o objetivo de assegurar que este clube se mantém no topo quando esta pandemia passar”, pode ler-se na nota assinada por Raúl Sanllehi (Diretor Desportivo) e Vinai Venkatesham (Gestor do clube). 

De acordo com o Daily Mail, um dos funcionários afetados é Francis Cagigao, responsável pela prospeção internacional que trouxe nomes como Cesc Fàbregas, Gabriel Martinelli e Hector Bellerin para o Norte de Londres. 

leave a reply