Filiados da FAB reúnem-se na Cidadela Desportiva em Assembleia-geral

Membros da Federação Angolana de Basquetebol (FAB), em reunião, trabalham para aprovar o relatório e contas, marcar a data das eleições e a comissão eleitoral que vai acompanhar o pleito referente ao ciclo olímpico 2020/2024

Os filiados da Federação Angolana de Basquetebol (FAB) reúnem-se amanhã em Assembleia-geral na sua sede, na Cidadela Desportiva, em Luanda.

No encontro, que será realizado em sistema de video-conferência devido à Covid-19, vai aprovar o relatório e contas do mandato referente a gestão de Hélder Cruz “Maneda”, presidente que não terminou o mandato 2016/2020.

Por isso, a comissão de gestão presidida por Gustavo da Conceição, entre outros assuntos, vai eleger a comissão eleitoral, visando o ciclo olímpico 2020/2024.

A data das eleições no órgão que rege a modalidade no país também será conhecida no encontro que reúne a família do basquetebol.
Por esta razão, 20 clubes têm direito de voto nos termos da legislação desportiva vigente no ordenamento jurídico angolano.

Por sua vez, sete associações vão ser chamadas a votar, mas, esta medida tem gerado alguma celeuma, uma vez que se sntem excluídos sem razões fundamentadas.

No ciclo olímpico passado, a FAB teve muitos problemas de natureza técnica e administrativa, sendo que prejudicou a Selecção Nacional sénior masculina nas competições dentro e fora do continente africano.

Isto obrigou o então presidente Maneda a deixar o cargo, facto que deixou a família da modalidade em rota de colisão com o dirigente.
Nas competições internacionais, a Selecção Nacional teve aparições negativas, coisa que não acontecia há muitos anos.

leave a reply