Joana Lina eleita primeira secretária provincial do MPLA em Luanda

Joana Lina, actual governadora de Luanda, foi eleita, ontem Sábado, na capital do país, primeira secretária provincial do MPLA, durante a 6ª conferência extraordinária do partido, com a participação de mil e 765 delegados. Com mil e 733 votos a favor, 25 contra, um em branco e seis nulos, a nova primeira secretária substituiu Luther Rescova, que exerce actualmente a função de governador da província do Uíge.

Joana Lina, a primeira mulher a ocupar este cargo na província de Luanda, é militante do MPLA desde 1974.

Segundo o comunicado final do evento, realizado em sistema de vídeo-conferência, por força da pandemia da Covid-19, a vice-presidente do MPLA, Luísa Damião, ao proceder a abertura da conferência, apelou para o reforço da unidade e coesão que caracteriza o partido para enfrentar os desafios futuros.

Nesta ordem, relevou a necessidade de melhorar cada vez mais o funcionamento e organização da máquina partidária, corporizada pelas suas organizações de base.

Luísa Damião, refere a nota, lembrou o papel do MPLA como instrumento de luta política do povo angolano, ao sublinhar que os militantes devem ser os defensores da linha política, dos princípios e valores da orientação ideológica do partido, respeitando o povo e lutando pela defesa dos seus interesses e aspirações.

Intervindo no encerramento, o secretário-geral do MPLA, Paulo Pombolo, apelou à massa militante do partido a continuar a participar, sem reservas, na concretização dos objectivos políticos do MPLA na província de Luanda.

leave a reply