Crianças de rua beneficiam de formação

Ao nível do programa de combate à pobreza foi ainda criada uma parceria com o lar de acolhimento Dom Bosco e a Fundação Arte e Cultura, e juntos desenvolvem o projecto “Desenhar o futuro”, onde os meninos de rua e daquele lar recebem formação de artes plásticas, dança, música, canto e piano.

Maria Antónia explicou que com o projecto desenvolvido no lar de acolhimento, inicialmente se pretendia formar 150 crianças. Por conta de burocracia, o centro de acolhimento teve que cumprir com o mesmo processo de retenção dos impostos como de uma empresa normal se tratasse. Pelo facto de o projecto ter sido refeito, e ao invés de 150 passaram para 100 crianças, assim como o tempo de execução que também sofreu alteração.

As idades das crianças afectas ao projecto “desenhar o futuro” variam dos sete aos 17 anos. O principal objectivo é formar e, consequentemente, mobilizar a criança que sai da rua, sobre a importância da família ou um centro de acolhimento e, se optar por ir à rua, deverá ter condições de progredir.

Quanto à escolha do referido lar, deveu-se ao facto de o mesmo já trabalhar com crianças, desde 1992, na sensibilização e mobilização, formação, entre outros projectos.

leave a reply