Infra-estruturas do CFB ao serviço da saúde infantil

O ministro dos Transportes assinou, na Segundafeira, 10, um acordo com o representante do UNICEF em Angola

O Ministério dos Transportes e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) assinaram ontem, 10 de Agosto, um protocolo de cooperação que visa a promoção de acções destinadas à protecção dos direitos da criança.

 Neste sentido, as infra-estruturas dos Caminhos-de-Ferro de Benguela (estações) poderão ter, nos próximos tempos, vários serviços integrados para apoiar as crianças mais necessitadas.

Trata-se de serviços de saúde no sentido de assegurar a assistência medica e medicamentosa das crianças.

O objectivo é prestar apoio aos petizes das regiões por onde passam os comboios do CFB para que possam crescer de forma saudável. “Vamos ter, nos próximos dias, vários serviços nas estações do CFB. Estamos a trabalhar em coordenação com outros departamentos ministeriais para que isso ocorra”, avançou o ministro.

 Acordo não inclui redução de passagem aérea

O ministro dos Transportes acautelou que “o acordo assinado com o UNICEF não inclui uma eventual redução dos preços de bilhetes de passagem aérea. É mais na verte assistencial”, fez saber.

 Todavia, reforçou a participação activa do pelouro que dirige na salvaguarda dos direitos fundamentais das crianças, sobretudo as mais vulneráveis. Com efeito, tudo será feito, com parceiros do Executivo, para garantir uma vida melhor às crianças.

 UNICEF renova compromisso

O representante interino do Fundo das Nações Unidas para a Infância saudou a disponibilidade do ministro dos Transportes que, mesmo em tempo de pandemia, se mostrou aberto para tornar possível a assinatura do acordo de cooperação.

Glayson dos Santos referiu que “a criança deve ser apoiada para que tenha um crescimento saudável. Serão os nossos líderes nos sectores da economia, social e da comunicação. Para isso devemos protege-las hoje”, lembrou.

Em relação ao acordo assinado com o Ministério dos Transportes, realçou que faz parte dos 11 Compromissos para com as crianças, pois visa garantir assistência médica e outros apoios necessários nas zonas recônditas do país.

leave a reply

O Pais

Deve ver notícias