Órgão que rege o desporto-rei em Angola pede rigor nas verbas

A Federação Angolana de Futebol (FAF) afirmou que vai ser rigorosa no controlo das verbas alocadas pela Federação Internacional (FIFA) e Confederação Africana (CAF).

O valor, que será distribuído aos associados no âmbito da Covid-19 para salvar o futebol, deverá contar com muitos requisitos por causa da rigorosidade dos dois organismos que doaram os montantes.

O presidente cessante da FAF, Artur Almeida, adiantou que as verbas destinam-se aos agentes que estão devidamente legalizados do ponto de vista técnico e administrativo.

Em conferência de imprensa, em Luanda, Artur Almeida disse que este mês será alocado USD 1 milhão, sendo que em Janeiro de 2021 voltará a receber mais 500 mil dólares.

No decorrer do ano em curso, a CAF depositará USD 300 mil na conta da FAF.

Os beneficiários, segundo a comunicação do presidente cessante da FAF, vão receber os valores em Kwanzas ao câmbio do dia.

leave a reply