Assembleia-geral da FAF gera expectativa

O encontro da Federação Angolana de Futebol (FAF) acontece esta manhã, às 10:00, via online, na sede do órgão reitor da modalidade, em Luanda. Os agentes do desporto rei em Angola vão analisar o relatório de prestação de contas, o regulamento eleitoral e a marcação da data das eleições, tendo em vista o quadriénio olímpico 2020/2024

Os agentes do futebol estão expectantes quanto à Assembleia- geral da Federação Angolana da modalidade, a realizar-se hoje às 10 horas, via online, na sede do órgão reitor do desporto-rei, por causa da Covid- 19. No encontro, os agentes vão analisar o relatório de prestação de contas, o regulamento eleitoral, a marcação do pleito e será constituída a comissão eleitoral.

O presidente do Sporting Clube de Benguela, Aguião Manuel, disse, ontem, a O PAÍS que é importante que no conclave desta manhã “os representantes das associações provinciais aprovem regulamentos que ajudam o desenvolvimento da modalidade”. Aguião Manuel mostrou-se preocupado pelo facto de os clubes do campeonato nacional da segunda divisão não poderem exercer o direito de voto na escolha do presidente do órgão reitor.

O vice-presidente da Associação Provincial de Futebol (APF) Uíge, Altino Osvaldo, disse que é prematuro indicar um candidato, mas a associação vai aguardar pelos projectos dos concorrentes e vamos depositar o voto no melhor projecto. Já o presidente da APF Huíla, Pedro António, defendeu uma melhor análise do regulamento eleitoral, porque defende que não se pode retirar o direito de participar na corrida ao caldeirão máximo da FAF. “Quer Norberto de Castro, Alberto Macaia e o Dino Paulo pertenceram a lista de Artur de Almeida Silva, presidente cessante, por qualquer motivo eles demarcaram-se, mas os mesmos querem concorrer para ajudar o nosso futebol. É um acto legítimo”, revelou.

leave a reply