Associados analisam contas da FAAND

O presidente da Mesa da Assembleia-geral da Federação Angolana de Andebol (FAAND), Victor Araújo, avançou ontem que estão criadas as condições para a realização hoje, às 10 horas, da Assembleia-geral Ordinária, no Anfiteatro Paulo Bunze, na Cidadela Desportiva, em Luanda.

Victor Araújo explicou que a ordem de trabalho compreende a analise do relatório de contas do ano de 2019, de actividades desportivas e o ponto diversos, onde os associados terão a oportunidade de colocar alguma questão. Por fim, está reservada a aprovação da Comissão Eleitoral para o 2020/2024.

O presidente cessante, Pedro Godinho, já disse à imprensa que não se recandidatará para mais um mandato no órgão que rege o desporto das sete linhas.

Por outro lado, a Federação Angolana de Andebol (FAAND) reconheceu ontem na sua página do Facebook os feitos do treinador da equipa sénior feminina do Petro de Luanda, Vivaldo Eduardo.

A mesma fonte revelou que em Angola não se pode falar de andebol feminino sem mencionar o nome do técnico que conta no seu histórico com 32 títulos de campeão nacional e africano de clubes. Palmarés.

Foi cinco vezes campeão Nacional de juniores, duas vezes campeão africano júnior, sete vezes vencedor da Supertaça Babacar Fall, nove vezes vencedor da Taça dos Vencedores das Taças Africanas, nove vezes vencedor da Taça de Angola, cinco vezes vencedor da Supertaça de Angola, vencedor do Torneio Internacional de Cabinda, vencedor do CAN de seniores femininos, quatro vezes vencedor da Taça dos Clubes Campeões, cinco vezes campeão nacional de seniores e oitavo classificado no Mundial feminino do Brasil em 2011.

leave a reply