Embaixada de Angola em França homenageia Luís de Almeida

Numa cerimónia realizada a meio da manhã desta Sexta-feira, 14, na capital francesa, os embaixadores João Miranda e Alberto Augusto homenagearam o decano dos embaixadores angolanos e primeiro embaixador do nosso país em França e no Reino da Bélgica.

 Respeitando os condicionalismos impostos pela pandemia, o embaixador João Miranda afirmou que era absolutamente necessária esta homenagem, pelos esforços feitos por Luís de Almeida, para abrir a Embaixada da então República Popular de Angola na República Francesa, em 1978.

E pelo seu papel, desde sempre exemplar, enquanto diplomata ao serviço de Angola. Estiveram presentes nesta homenagem integrantes da representação diplomática angolana, da Delegação de Angola junto da UNESCO, do Consulado Geral em França e da comunidade artística angolana que aqui vive.

O embaixador moçambicano, Alberto Mavarengue Augusto, que fez questão de marcar presença, lembrou, no seu improviso, que Luís de Almeida recebeu em Paris os integrantes da primeira embaixada daquele país irmão, e que estes, durante dois anos, trabalharam em instalações cedidas pelo embaixador angolano de então.

Alberto Augusto foi convidado a escrever a sua mensagem no livro de condolências, assinado em seguida pelo chefe da missão diplomática angolana em França, João Miranda e por todos os presentes.

leave a reply