Episódio humorístico mostra Bolinha celebridade

A série “No Cubico dos Tuneza” deste Domingo, 16 de Agosto, estará centrada na ascensão repentina de Bolinha à fama. A matriarca torna-se, finalmente, uma socialite angolana, realizando assim um velho sonho, de tornar-se uma pessoa popular.

Uma campanha ao lado de uma conhecida estrela da música angolana irá colocar Bolinha na ribalta. De simples dona de casa, ela torna-se uma figura pública, que lida com notáveis celebridades do showbiz.

Entretanto, nem todos os integrantes da casa estão satisfeitos com o novo estatuto da PCA. O general Foge-a-Tempo, por exemplo, não se conforma. Para ele, Bolinha deve continuar como a humildade mulher, que cuida, como ninguém, do seu lar, com o seu marido, filho e sobrinho.

O ciúme e a insegurança passam a ser uma constante no Cubico, pois o antigo combatente mostra ser incapaz de aceitar em casa uma mulher famosa. Intitulada “Bolinha, a famosa”, a história será emitida a partir das 21 horas, no ZAP Viva.

Com este episódio está-se perante um tema oportuno, que remete para a muito debatida emancipação feminina.

Como os homens podem entender que – tal como eles – as mulheres também estão num incontornável ciclo de conquistas e ascensão profissional? Será justo Bolinha ser a “mãe grande” apenas em casa, ou deve voar até onde os seus sonhos permitem? “No Cubico dos Tuneza” é uma produção do ZAP Estúdios.

Trata-se de um programa televisivo humorístico da actualidade. Retrata o dia-a-dia da típica família angolana, integrada por uma mãe vaidosa, que lidera o grupo das mamãs sofredoras; um pai, antigo combatente amigo de todos os generais do país, que passa a vida a reivindicar os seus 23 mil Kwanzas que nunca lhe foram pagos; um filho mais velho que sustenta toda a família e um filho profissionalmente desocupado, que investe a maior parte do tempo nas redes sociais.

 Integram o elenco Cesalty Paulo, Costa Vilola, Orlando Kikuassa e Tigre Chieta, que dão corpo aos personagens “Tia Bolinha”, “Foge-a-Tempo”, “Dadão” e “Mauro”, respectivamente.

leave a reply