Formação e modernização à vista no andebol da Huíla

No quadriénio 2020/2024, o presidente da Associação Provincial de Andebol da Huíla, Vicente Cruz, fez saber que a formação de árbitros, treinadores e cronometristas vai ser uma das suas apostas.

Por esta razão, vão manter contacto com os clubes e os demais órgãos da modalidade ligados à formação, pois a província da Huíla tem capacidade de ser uma das melhores províncias nesta disciplina.

 A massificação do andebol, a criação de núcleos nas escolas públicas e provadas em todos os escalões faz parte do programa de acção do novo elenco da Associação Provincial de Andebol da Huíla (APAH).

Vicente Cruz disse que vão realizar campeonatos provinciais e também participar nos campeonatos nacionais em vários escalões, de modo a mostrar o trabalho que se faz na província.

Manter relações com os organismos púbicos e privados da província no sentido de manter o andebol vivo faz parte da carteira de serviços do elenco de Vicente Cruz neste ciclo olímpico.

Vicente da Cruz, 51 anos, é professor de Educação Física, foi secretário-geral da Associação, logo conhece as debilidades por que passa a modalidade na Huíla.

 No cargo, substitui Zeca Fumbelo que dirigiu a Associação Provincial de Andebol na Huíla, nos últimos dois mandatos, ou seja, 2012-2016 e 2016-2020.

leave a reply