GPL aberto às denúncias de transportes públicos que excedem a lotação

O Governo da Província de Luanda (GPL) abriu uma linha de denúncia em caso de irregularidades das empresas operadoras de transportes públicos, nomeadamente, o excesso de lotação em tempo de Covid-19.

Numa nota chegada à redacção de OPAÍS, o GPL informa que coloca à disposição dos cidadãos os terminais telefónicos 928 582 424 e 928 581 212, para denúncias que vão desde o incumprimento das normas de biossegurança das pessoas que se encontram nas paragens de autocarros, bem como as irregularidades cometidas pelas operadoras que circulam nas diferentes vias de Luanda.

 A medida foi tomada depois da constatação de várias irregularidades, por parte de algumas operadoras, como o número reduzido de autocarros em circulação, cobranças indevidas com valores acima do preço legal (50Kz) e lotação acima de 50%.

Recentemente, as empresas operadoras de transportes públicos privadas receberam do Executivo, cada uma, um determinado número de autocarros para o reforço das suas frotas.

No quadro da pandemia da Covid-19, e havendo necessidade de ser dada uma resposta pontual às enchentes nas paragens, o GPL abordou as referidas empresas e viu-se obrigado a reestruturar, temporariamente, o contrato de concessão das carreiras.

As referidas linhas telefónicas servem como alternativa ao número 111 do Centro Integrado Segurança Pública (CISP). Recomenda-se também o recurso às esquadras da Polícia.

leave a reply