Kilamba Kiaxi empodera 88 famílias vulneráveis no âmbito do combate à pobreza

Entre as diversas acções realizadas no primeiro semestre do ano em curso, no município do Kilamba Kiaxi, 68 famílias foram empoderadas com 20 kits de fogareiro, igual número de máquinas de costura, bem como 20 jovens receberam kits para exercer o serviço de engraxador. Vinte e cinco ex-militares receberam kits para criarem as suas próprias cantinas

O administrador do município do Kilamba Kiaxi, Nelson Funete, afirmou ontem, à margem da visita de constatação da equipa da unidade técnica do Programa Implementado de Desenvolvimento Local e Combate à Pobreza (PIDLCP), que valeu a pena ter desenvolvido acções no âmbito do combate à pobreza, porque foi possível entregar 20 kits de fogareiro às senhoras que vendem banana assada e ginguba, e igual número de máquinas de costura.

Foram também entregues, ontem, 20 kits para jovens engraxadores. O responsável anunciou, igualmente, a reabilitação do sistema de iluminação pública de várias ruas no município, assim como paragens públicas de autocarros e chafarizes.

A chefe de departamento de Acção Social, Família e Igualdade de género, Isabel Tavares de Ameida, explicou que os kits entregues aos antigos combatentes servirão para a abertura de cantinas.

O ex-militar António João Simão beneficiou de uma arca, gerador, embalagem de papel higiénico, caixa de massa-tomate, sardinha, sabão, vinho, cerveja, gasosa, óleos, saco de arroz de 25 kilos, feijão, açúcar, sal, entre outros produtos alimentares.

Os bens servirão para apetrechar o seu estabelecimento comercial. Além dos 23 ex-militares que receberam kits para abrir cantinas, outros cinco foram beneficiados com moto de três rodas para o exercício da actividade de táxi.

“Vamos continuar a desenvolver acções de empoderamento para tirarmos as famílias da situação de vulnerabilidade. É a nossa missão”, garantiu Nelson Funete.

Os constrangimentos na execução do projecto são diversos, porque os recursos não são suficientes para atender o grande número de famílias vulneráveis que existem no município.

Mas, os trabalhos vão continuar a ser realizados para minimizar a situação, segundo o responsável. Na ocasião, o director Romeu Envelope explicou que, no âmbito das 700 mil ligações, o município tem 77 mil ligações , mas poucas funcionam por causa do défice no fornecimento de água.

Por isso, a Administração Municipal do Kilamba Kiaxi, no âmbito do Programa Implementado de Desenvolvimento Local e Combate a Pobreza (PIDLCP), está a reabilitar 10 fontenários nos distritos do Palanca, Golf e Sapú.

 Quatro estão já estão concluídos e situados no bairro do Rasta, zona do Bingo. Cada fontenário custou um milhão e 800 Kwanzas. Os chafarizes serão abastecidos pela rede do centro de distribuição do Golf.

 Nsimba Gaspar, 22 anos, uma das jovens contempladas na formação profissional de culinária e pastelaria, contou que está a frequentar o curso há dois meses. Já aprendeu a confecionar diversos tipos de bolos e pratos nacionais. Quando terminar, segundo ela, vai criar o seu negócio em casa.

“Almejo que iniciativas do género venham a ajudar mais jovens a aprender alguma formação”, disse.

Em representação do director da Unidade Técnica do Programa de Combate à Pobreza, esteve no local o representante da área do Sector Produtivo do Presidente da República, Paulo Rabelais.

O responsável, que acompanhou a visita de constatação dos projectos desenvolvido no âmbito do PIDLCP, fez um balanço positivo, afirmando que as acções implementadas a no município do Kilamba Kiaxi são positivas.

leave a reply