Lunda-Sul quer novo rumo no atletismo

O novo presidente da Associação Provincial de Atletismo da Lunda-Sul, Jonas André, disse que vai trabalhar no ciclo olímpico vigente (2020/2024) para dar uma nova dinâmica ao sector.

O dirigente, que foi reconduzido pelos filiados, admitiu que a modalidade merece uma nova roupagem em vários domínios. Por isso, disse que a modalidade enfrenta várias dificuldades no que concerne aos aspectos técnicos e administrativos.

Formação de técnicos, árbitros e cronometristas também farão parte do programa do presidente eleito na Lunda-Sul. Jonas André fez saber que está a trabalhar num projecto para angariar patrocínios na província, uma vez que a modalidade tem atraído praticantes.

“Vamos trabalhar para tirar o atletismo do marasmo em que se encontra na Lunda-Sul, porque com condições e organização podemos fazer mais e melhor”, disse o dirigente desportivo.

No mandato anterior, muitas dificuldades travaram a marcha evolutiva do atletismo na terra dos diamantes, porém os problemas estão identificados.

Assim, todos os esforços serão feitos para tornar a Lunda-Sul uma província com nome nesta modalidade no país. Jonas André disse que a juventude tem vontade de praticar, mas factores de natureza económica e de infraestruturas vai tornando a modalidade morta na província.

leave a reply