Carta do leitor: JMPLA está de regresso

Por: Pedro Mateus
Zona Verde-Luanda

Caro director Saudações revolucionárias. Augurando que OPAÍS mantenha a mesma vertente que marca o título, principalmente na abordagem das matérias que nos são dadas a conhecer.

Tenho estado a acompanhar o desenvolvimento da nossa política e também de muitos dos seus actores. Hoje gostaria de falar do secretário da JMPLA, Crispiniano dos Santos, que venceu no último congresso o jovem Betico.

Faço esta abordagem porque nas duas últimas semanas vamos notando uma certa evolução, uma vez que se dizia que não se iria adaptar por causa da velocidade com que um cargo do género exige.

Sou daqueles que esperava por um secretário mais acutilante tendo em conta o momento que se vive no país. E uma organização como a JMPLA deve estar mesmo na origem de algumas transformações que obrigem o MPLA a pressionar o Executivo a criar projectos para as necessidades preementes da juventude.

Os últimos posicionamentos do actual secretário, que herdou um fardo pesado de Sérgio Luther Rescova, demonstram uma pessoa que já vai amadurecendo. Gostei quando criticou a apatia dos jovens e defendeu que estes não cruzem os braços.

Eu prefiro vê-lo em situações como estas, levando casos concretos, do que nas habituais visitas de inspecção e controlo que efectua com regularidade, fazendo lembras uma pasta assumida há decadas por Kundi Paihama.

Agora é necessário que os outros quadros da JMPLA apoiem o jovem caso queiram cilindrar a UNITA, que tem se mostrado aguerrida em determinados aspectos.

Crispiniano dos Santos tem a desvantagem de ter uma situação económico e social pouco favorável para os jovens, mas tem a vantagem de encarar um secretário da JURA fácil de bater.

leave a reply