Governador quer autoridades tradicionais a fiscalizar obras do PIIM

O governador provincial, Norberto dos Santos “Kwata Kanawa”, aconselhou, ontem Domingo, no município do Quela (115 quilómetros a nordeste da cidade de Malanje), os jovens e as autoridades tradicionais a fiscalizarem as obras inseridas no âmbito do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM ), segundo a Angop

O município está a ser contemplado com cinco projectos ligados a infra-estrutras escolares, de saúde, vias rodoviárias, água e saneamento.

O governante deixou este conselho durante o acto de lançamento da primeira pedra para a execução de quatro projectos de construção de escolas, terraplanagem e pequenos sistemas água.

Conforme o dirigente, é necessário que os sobas, regedores, sobetas e os jovens ajudem a administração municipal nas acções de inspecção as empreitadas, por formas a se aferir se estão a ser executadas com perfeição e qualidade.

A propósito, pediu aos empreiteiros o respeito pelos prazos contratuais, assim como o recutamento de 90 por cento da mão-de-obra local, com vista a redução do índice de desemprego no seio da juventude.

No quadro do PIIM, a comuna de Xandel e a sede municipal vão ganhar duas escolas, sendo uma de 7 salas, cuja construção está orçada em 110 milhões, e uma de 12 salas de aulas, no valor 169 milhões de kwanzas.

Prevê-se que acolham cerca de mil 500 crianças. A comuna do Moma foi beneficiada com a terraplanagem de 53 quilómetros de estrada, construção de uma ponte de 30 metros de cumprimento, quatro pontecos e passagens hidráulicas, cujas obras estão orçadas em 288 milhões de Kwanzas.

As localidades de Mufuma, Banda, Katuri, Muanha Kishua, Kishua Kinguanga, Muanha Muxica, kuco Mbango, Bamba, Seta, Ngana Muango, Suco e sede comunal dos Bangalas vão beneficiar de sistemas de água. Cada sistema de água orçado em mais de 13 milhões de kwanzas e inclui um reservatório com capacidade para 10 mil litros, dois fontenários públicos, furos de água e colocação de bomba submersível e painéis solares.

O administrador municipal do Quela, Manuel Campo, fez saber que o PIIM trouxe grandes ganhos para o município. A execução das obras, orçadas em cerca de mil milhões de kwanzas, garantiram empregos a 80 jovens locais.

O município do Quela, constituído pelas comunas Sede, Xandel, Moma e Banglas, conta com uma população estimada em 21 mil 847 habitantes.

No âmbito do PIIM, a província de Malanje tem 104 projectos inscritos ligados aos sectores da educação, saúde, infra-estruturas rodoviárias, energia e águas e saneamento básico, orçados em 26 mil milhões de kwanzas.

Desses, estão em execução 19 projectos nos municípios de Cacuso (4), Cambundi-Catembo (3) e Luquembo (3), Quiwaba Nzoji (5) e Quela (4).

leave a reply