Mais de nove mil agentes da Polícia Nacional testados e 42 estão reactivos a IgM

O secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda, anunciou, ontem, à imprensa, em Luanda, o registo de 37 novos casos de Covid- 19 e duas mortes. Por outro lado, revelou a testagem de um total de 9.400 agentes da Policia Nacional, dos quais 42 testes foram reactivos a IgM. Os efectivos estão a ser acompanhados no Laboratório de Biologia Molecular

Na sequência da testagem massiva levada acabo pela Comissão Multissectorial para o Combate à Covid-19, no país, que teve início no passado dia, 15 do corrente mês.

“Refiro-me ao isolamento, à colheita de amostras para uma análise a posterior na base da biologia molecular. Sendo assim, olhando, o seguimento destes casos, somamos um total de 9.400 agentes da polícia testados com o bio-marcador dos reactivos apontando para 42 IgM . Todos eles estão a ser acompanhados no laboratório de biologia molecular”, garantiu.

Franco Mufinda, que falava durante a apresentação do balanço diário sobre a pandemia no país, no CIAM, esclareceu que dos novos 37 positivos, sete são do município do Soyo, província do Zaire. Os restantes 30 aconteceram em Luanda e foram registados nas localidades da Maianga, Ingombotas, Talatona, Belas, Cacuaco, Viana e Cazenga.

Mufinda disse ainda que os novos pacientes têm idades compreendidas entre quatro e 67 anos e são na sua maioria do sexo masculino, isto é 23 homens e 14 mulheres.

Entretanto, mais dois cidadãos angolanos com 42 e 71 anos de idade, morreram ontem, em Luanda, em consequência da Covid-19 e outras quatro foram recuperadas, segundo o secretário de Estado para a Saúde Pública.

Angola com 2.171 casos positivos com 96 mortes

Actualmente, o país passou a ter o registo de 2.171 casos positivos, 96 óbitos, 818 recuperados e 1.257 activos. Entre os activos, quatro estão em estado crítico com ventilação mecânica invasiva, 13 em estado grave, 32 em estado moderado, 40 com sintomas leves e 1.168 assintomáticos.

Quanto ao total de amostras recebidas, Franco Mufinda fez saber que foram processadas por RT-PCR até à presente data 52.652 amostras, das quais 2.171 positivas. Contou igualmente que, nas últimas 24 horas, 51 pessoas receberam altas, sendo 18 na província de Luanda, 26 em Benguela, seis na Huila e uma no Zaire.

Por outro lado, o governante contou que, entre as actividades realizadas por províncias, foram reportadas a colheita e envio de amostras a Luanda, a formação e informação no seio da comunidade, bem como a gestão de casos que já se faz na comunidade sob poder de descentralizar as direcções municipais de saúde.

O Centro Integrado de Segurança Pública (CISP) recebeu, no período em referência, 54 chamadas, das quais uma denúncia de caso suspeito de Covid-19 e 53 foram pedidos de informação sobre o vírus Covid-19.

Apenas quatro províncias livres da Covid-19 até ao momento

Recordar que das 18 províncias existentes no país, apenas quatro não registaram casos de Covid-19. Trata-se do Cuando Cubango, Lunda Sul, Namibe e Huambo.

Franco Mufinda aconselhou, uma vez mais, o uso obrigatório da máscara, a lavagem com frequência das mãos com água e sabão, a observância do distanciamento físico e a não violação da cerca sanitária. Recordando que a Covid-19 é assunto de responsabilidade individual e colectiva.

De recordar que o novo Coronavírus (SARS-CoV-2), responsável pela pandemia da Covid-19, surgiu na China em Dezembro de 2019. O surto espalhou-se pelo mundo e já vitimou centenas de milhares de pessoas, tendo levado a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia global.

leave a reply