Ronaldinho Gaúcho e irmão saem em liberdade

Após 171 dias detidos Assunção, no Paraguai, Ronaldinho Gaúcho e o irmão, Roberto de Assis, foram libertados pelo juiz Gustavo Amarilla, que aceitou o acordo proposto pelo Ministério Público paraguaio e que teve a concordância da defesa dos brasileiros.

Recorde-se que ambos foram detidos a 6 de Março depois de terem tentado entrar naquele país com passaportes falsos, tendo cumprido prisão domiciliária num hotel desde meados de Abril.

Mediante o pagamento de uma fiança que rondou os 170 mil euros (76 mil para o antigo internacional brasileiro, 94 mil para o irmão), os dois puderam, enfim, regressar ao Brasil em liberdade.

leave a reply