Crença no feiticismo faz dois mortos no Zaire

A Polícia Nacional na província do Zaire deteve, mo município de Mbanza Kongo, dois cidadãos que estão implicados na morte de outros dois cidadãos, motivados pela crença ao feiticismo.

As vítimas são um adolescente de 14 anos e um adulto de 40 anos de idade, que perderam a vida após não resistirem os golpes feitos com objectos contundentes, por alegada prática de feitiçaria.

O crime aconteceu no último Sábado, na vila do Cuimba, 62 quilómetros a nordeste da cidade de Mbanza Kongo e são acusados dois cidadãos, sendo um jovem de 22 anos e uma mulher de 44 anos de idade, respectivamente.

Suzana Sebastião, a mulher que terá desferido fortes golpes de catana à cabeça do adolescente, por sinal seu sobrinho, tomou tal atitude por que a vítima terá supostamente enfeitiçado sua filha, de seis anos de idade.

Já o jovem de 22 anos, outro acusado, disse ao SIC que desferiu um objecto contundente (martelo) na cabeça de um homem de 40 anos de idade, a quem acusa de ter sido o responsável pela morte de dois seus irmãos, de seis e 20 anos de idade.

leave a reply