MPLA desdramatiza fantasmas de perseguição ao ex-Presidente

O Bureau Político do MPLA abordou também outras questões da vida interna do Partido, destacandose o memorando referente à realização da reunião extraordinária do Comité Provincial da JMPLA do Cunene para a eleição do novo primeiro secretário provincial da organização juvenil do partido, para o qual são candidatos Marcelino dos Santos Guilherme e Ireno Nauta Domingos Nambalo.

O Bureau Político (BP) do MPLA, partido no poder, tornou público ontem que José Eduardo dos Santos, ex-presidente do partido e da República, ocupa um lugar privilegiado na organização, afastando assim a ideia e os supostos fantasmas de perseguição política pela actual liderança do partido, como tem sido apontado por muitos segmentos da sociedade.

O BP, em nota divulgada no fi nal da sua terceira Reunião Ordinária, realizada em Luanda, esclareceu que José Eduardo dos Santos é presidente emérito do MPLA e que, apesar de estar fora da cena política, ocupa um lugar privilegiado na história de Angola e da organização partidária.

“O Bureau Político do MPLA condena veementemente todas as iniciativas que tendem a dividir os militantes, simpatizantes e amigos do partido”, refere a nota.

Ainda segundo a nota da reunião, o Bureau Político tomou conhecimento de que, no âmbito da comemoração dos 45 anos da Independência Nacional, foram afixadas, nas vias públicas de alguns bairros de Luanda, poster’s contendo fotografias dos Presidentes da República de Angola em que se omite a imagem do ex-Presidente José Eduardo dos Santos.

Neste contexto, o Bureau Político assegura que se demarca de tais iniciativas por contrariarem os princípios políticos e democráticos vigentes no MPLA.

Ainda durante a reunião de ontem, sob orientação do seu presidente, João Lourenço, o Bureau Político do MPLA apreciou os documentos reitores de preparação e realização do 8º congresso ordinário da organização.

Segundo o BP, o 8º Congresso Ordinário será o primeiro de carácter ordinário a realizar-se sob a liderança de João Lourenço, desde a sua eleição como presidente do MPLA, constituindo-se numa plataforma política que, de entre os vários objectivos, se destacam a reafirmação da liderança da actual presidência e a preparação do partido para os desafios políticos e eleitorais, a unidade e a coesão da organização.

Paridade do género

O Bureau Político do partido decidiu igualmente que o 8º Congresso Ordinário deverá introduzir inovações na paridade do género em relação à representação dos delegados e à composição dos órgãos colegiais intermédios e nacional. Neste sentido, refere o comunicado, o órgão deliberou que a representação feminina seja fixada até 50 por cento do total de delegados participantes nas conferências intermédias e no Congresso.

De igual modo, o Bureau Político deliberou para o estabelecimento de uma cifra de até 50 por cento do género feminino na composição dos órgãos colegiais intermédios e nacional do MPLA.

Outra nota de destaque, saída na reunião de ontem, recai para a atribuição de uma cifra de 35 por cento para a representação da juventude com idade compreendida entre 18 e 35 anos.

Já em relação ao princípio de renovação e continuidade, no 8º Congresso Ordinário do partido, o Bureau Político deliberou a atribuição de 55 por cento para a renovação e 45 por cento para a continuidade.

Segundos secretários dos comités provinciais do MPLA

Por outro lado, a terceira Reunião Ordinária do Bureau Político aprovou também as propostas de provimento dos cargos de segundos secretários dos comités provinciais do MPLA no Cuando Cubango, Cunene, Cuanza-Sul, Huambo, Luanda e Uíge, a serem ocupados por Carla Maria Cativa, Gonçalves Namweya, Agostinho Domingos Cassessa, Augusto Chimuco Samucambo, Nelson Funete e Pedro Augusto Conga.

O Bureau Político do MPLA abordou também outras questões da vida interna do Partido, destacandose o memorando referente à realização da reunião extraordinária do Comité Provincial da JMPLA do Cunene para a eleição do novo primeiro secretário provincial da organização juvenil do partido, para o qual são candidatos Marcelino dos Santos Guilherme e Ireno Nauta Domingos Nambalo.

leave a reply