Sporting de Benguela quer reforçar medidas de prevenção à covid-19 com o dinheiro da FiFA

O presidente do Sporting de Benguela, clube da segunda divisão do Campeonato Nacional de futebol, Aguião Manuel, disse, ontem, a O PAÍS, que vai reforçar as medidas de biossegurança para o combate à Covid-19 com 10 mil dólares que receberá da Federação Angolana de Futebol (FAF), vindo da FIFA.

O órgão que rege a modalidade no mundo disponibilizou as verbas para ajudar os clubes a acudir os danos causados pela pandemia que teve surgiu na República Popular da China, em Dezembro.

Aguião Manuel acrescentou que os valores serão também alocados para a compra de material desportivo, nomeadamente bolas e equipamentos de qualidade para participar na competição provincial e da Segundona, prova de acesso ao Girabola.

“Na verdade, vamos criar condições para os próprios utilizadores do futebol (jogadores) que é a razão da nossa existência desde a formação até aos seniores”, assegurou o responsável dos leões da cidade das Acácias Rubras.

“Temos o futebol feminino, mas não compete. Aliás, vamos esperar que haja competição organizada pela Associação Provincial de Futebol (APF) Benguela de modo que as senhoras possam disputar o campeonato local”, o responsável mostrou-se crente em dias melhores para o futebol feminino.

Em 1990, o Sporting de Benguela disputou o Campeonato Nacional da primeira divisão nacional. Neste momento está focado no provincial das terras das Acácias Rubras.

leave a reply