FAF pode penalizar beneficiários do fundo da FIFA

Federação Angolana de Futebol (FAF), encabeçado pelo presidente cessante Artur Almeida e Silva, pede aos beneficiários e contemplados com os fundos da FIFA para remeterem toda a documentação inerente à prestação de contas nomeadamente recibo, facturas certificadas pela AGT, extrato bancário e outros documentos até ao 23 de Novembro.

De acordo com a nota chegada à redacção de OPAÍS, o dinheiro deve ser usado na preparação do regresso às competições em todas as categorias, após autorização das autoridades sanitárias nacionais.

O mesmo documento acrescenta que os beneficiários devem também comprar material de biossegurança, manutenção das infra-estruturas do futebol e o pagamento de custos operacionais.

Por outro lado, a nota alerta os contemplados que as verbas não devem ser canalizadas para resolver dívidas que se reportam aos exercícios anteriores à Covid-19, de contrário podem ser penalizados.

leave a reply