Bolsonaro admite conversa sobre filiação com 3 partidos e diz que não participará na 1ª volta de eleições municipais

O presidente Jair Bolsonaro admitiu, nesta Sexta-feira, que conversa com três partidos para uma possível fi liação, no caso da criação do Aliança pelo Brasil, sigla que tenta fundar, não se concretizar, mas afirmou que qualquer decisão só será tomada no ano que vem. 

Numa publicação nas redes sociais, Bolsonaro afirmou que continua a tentar viabilizar a criação do Aliança, mas “em comum acordo tenho conversado com três outros partidos para o caso de não se concretizar a tempo o Aliança”. 

“Nessa segunda hipótese, de ambos os lados, se impõe condições para essa fi liação. Isso também decidi que somente poderia acontecer em 2021”, escreveu.

Bolsonaro deixou o PSL, partido pelo qual foi eleito presidente em 2018, em Novembro do ano passado, depois de uma querela com o presidente do partido, Luciano Bivar, motivada pelo controlo da legenda e o acesso ao fundo partidário.

Ao sair, anunciou que criaria o seu próprio partido, o Aliança pelo Brasil. A intenção era viabilizar a nova sigla até Abril desde ano, para garantir espaço para os candidatos bolsonaristas nas eleições municipais deste ano.

No entanto, o partido não conseguiu nem mesmo terminar a fase de colecta de assinaturas conseguiu até agora validar menos de 20 mil até este mês de Agosto, de 492 mil necessárias.

leave a reply