Ex-administrador de Camanongue constituído arguido

A Procuradoria Geral da República (PGR) no Moxico constituiu, ontem, arguido o ex-administrador do município de Camanongue, Zaqueu Isaac, por estar indiciado nos crimes de peculato e violação de normas de execução do plano e do orçamento.

Os arguidos são também acusados nos crimes de associação criminosa, participação económica em negócio e branqueamento de capitais.

Numa nota de imprensa entregue hoje à ANGOP, no Luena, a PGR refere que no mesmo processo-crime, consta, igualmente, o empresário, Cândido Gonçalves Manuel.

O documento declara também que após interrogatório dos arguidos foi-lhes aplicada a medida de prisão preventiva, no âmbito da Lei das Medidas Cautelares em Processo Penal (Lei nº 25/15, de 18 de Setembro).

No dia 14 deste mês, a PGR constituiu, igualmente, arguido o antigo administrador do município do Alto Zambeze, Alexandre Paulino Bumba, e a sua equipa de trabalho, por estarem indiciados em idênticos crimes.

leave a reply