Joaquim Adão troca Heart of Midlothian da Suíça pelo Petro

depois de representar o Progresso Sambizanga, em 2014, e o Kabuscorp do Palanca, 2015, Joaquim Adão (que vive na Suíça) regressa ao país para jogar na turma do Catetão, tendo em vista a próxima época do futebol nacional

O Petro de Luanda apresentou, ontem, pela plataforma digital “Zoom”, o médio defensivo Joaquim Adão, que reside na Suíça, tendo em vista a próxima temporada futebolística 2020/2021.

O jogador, 28 anos, explicou que as negociações com a direcção dos tricolores duraram aproximadamente quatro meses, logo aceitou o convite para ajudar o clube a conquistar o título do Girabola, Campeonato Nacional, e fazer uma boa campanha nas provas africanas.

“Na verdade, estou feliz por ser o novo reforço. Prometo trabalhar bastante para não defraudar os sócios e os adeptos”, garantiu o antigo jogador do Progresso do Sambizanga e do Kabuscorp do Palanca. Joaquim Adão poderá ocupar a vaga deixada pelo internacional da Selecção Nacional, Herenilson, que não chegou acordo para renovar com a direcção da turma do Catetão.

O atleta que nas últimas duas temporadas representou o Heart of Midlothian da primeira divisão da Escócia, a título de empréstimo do Sion, da Suíça, seu clube de formação, revelou que ainda não entrou em contacto com os colegas da sua nova equipa que está no país.

Ainda assim, o jogador disse acreditar que terá dificuldade para se relacionar com os companheiros, porque no passado já partilhou o balneário com o avançado Yano e o médio polivalente, Ito, na altura ao serviço dos sambilas.

Questionado sobre o capitão Job, Joaquim Adão disse que tem imenso respeito pelo jogador, pois garantiu que jogar juntos nos Palancas Negras: “É um atleta de uma excelente personalidade”, reconheceu.

Joaquim Adão fez o seu primeiro jogo internacional pela Selecção Nacional, a 5 de Março de 2014, no empate a uma bola frente a Moçambique.

leave a reply