Cuando Cubango abre campanha de exploração florestal e da madeira,

O governador do Cuando Cubango, Júlio Bessa, determinou  este Domingo (30), por despacho, a reabertura da campanha de exploração florestal e da madeira, a nível de toda província.

O despacho coloca termo a uma proibição que havia sido determinada pelo governo provincial, em Novembro de 2019, devido a várias irregularidades detectadas no exercício da actividade dos madeireiros e ao não incremento, nas áreas de corte, da componente social em benefício da população local.

No despacho, o governador determina que a campanha consistirá no escoamento de todo produto florestal em estância, resultante dos anos de 2017 a 2019, no corte de madeira em “pé do saldo de 2019” e na reavaliação da existência da madeira em estância na orla fronteiriça para a sua comercialização.

O  despacho determina que na campanha de 2020 não serão concedidas novas licenças às empresas exploradoras de madeira, de modo a permitir o esgotamento de todos os saldos acumulados nos últimos três anos (2017,2018 e 2019).

A necessidade da criação de condições organizativas e logísticas para a abertura dos mercados de comercialização da madeira no entreposto aduaneiro localizado na zona industrial em Menongue e no posto fronteiriço do Katwitwi, município do Cuangar, bem como a emissão dos certificados fitossanitários da madeira em estância, acumulada na orla fronteiriça e outros locais da província, constam do despacho, como orientações a serem observadas pelo IDF.

 

 

leave a reply