FAO reitera apoio à agricultura por contrato

O Fundo das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) anunciou que está a promover em Angola a agricultura por contrato, numa parceria com o Governo angolano

Trata-se de um acordo em que, antecipadamente, o produtor e comprador acertam os termos e condições para a produção e comercialização de bens agrícolas e pecuários. Inclui preço, qualidade, quantidade e data de entrega. É um mecanismo “cada vez mais utilizado no mundo” afirmou a representante da FAO em Angola, Gherda Barreto, na “Feira do Campo” que este Sábado encerra no município da Quibala. Presente na Feira, o governador do Cuanza-Sul, Job Capapinha, informou que a província continua a registar défice na produção dos principais produtos agrícolas, com destaque para os cereais.

Para inverter esse quadro, considerou fundamental melhorar, entre outros aspectos, a preparação da terra, a distribuição de insumos, a assistência técnica aos camponeses familiares, associações e cooperativas. Já o administrador municipal da Quibala, João Manuel Nunes, disse que foram cedidos para a presente época agrícola, 181 terrenos rurais para a exploração agro-pecuária, sendo que 68 dos beneficiários queixam-se da falta de apoios, bem como de dificuldades para a comercialização e o escoamento da produção. A Feira do Campo decorre sob o lema “Do Campo, Mais Produção, Mais Escoamento, Mais Rendimento Nacional”. O evento junta 150 feirantes, entre agricultores familiares, cooperativas e fazendeiros dos 12 municípios da província do Cuanza- Sul.

leave a reply