O editorial:Chumbo ao PRA JA

Jornal OPaís edição 1945 de 30/08/2020

Ao não decidir a favor da legalização do PRA JA Servir Angola, o Tribunal Constitucional acabou por desferir um duro golpe a Abel Chivukuvuku, que esperava, desta vez, vê-lo legalizado para concorrer aos próximos pleitos. A terceira tentativa não foi de vez, como soe dizer-se. Isso poderá fazer com que se comecem a contar espingardas para outras frentes. Do lado do Tribunal, o que se diz é que houve erro por parte dos advogados na qualificação do recurso extraordinário de inconstitucionalidade, levando a uma nova rejeição dos magistrados. Esperava-se que depois dos dois chumbos iniciais a Comissão Instaladora investisse com seriedade no referido recurso, para que pudesse animar a praça política nacional. Mas não foi o que se observou, estando em vias de ocorrer um terramoto político para os seus mentores. O deslize demonstra que se optou mais pela politização do processo, com manifestações e ameaças de recurso às instâncias internacionais. Isso estará na base de mais esta negação. Talvez agora se justifique o que dissera antes o líder da comissão: há sempre um plano alternativo.

leave a reply