Bispo da IURD tenta sair de Angola

O bispo da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), Anorilton Gonçalves tentou sair de Angola nesta Segunda-feira (31) rumo ao Brasil, num voo humanitário da TAAG, numa altura em que decorre um processo jurídico em Angola envolvendo a sua instituição e que resultou na recente apreensão de sete templos pela Procuradoria Geral da República.

Segundo a TPA, a acção do responsável da IURD terá sido frustrada pelas autoridades migratórias angolanas, a despeito de tentativas encetadas pela sua esposa para que a saída se consumasse..

A apreensão  dos templos surgiu na sequência das investigações em curso  à volta desta instituição religiosa, que enfrenta, desde Novembro de 2019, uma crise interna, envolvendo bispos e pastores.

.No quadro das investigações, oficiais da PGR, dos serviços de Investigação Criminal (SIC) e do Instituto Nacional dos Assuntos Religiosos (INAR) selaram várias catedrais da igreja, nos municípios de Viana, do Cazenga, Talatona e de Luanda.

A justiça angolana suspeita que o património da IURD possa ter sido construído com recurso a fundos públicos angolanos.

leave a reply