Cidadão mata tia e sobrinha no Cuanza-Sul

Cidadão mata tia e sobrinha no Cuanza-Sul

A Polícia Nacional no Sumbe confirmou a detenção, ontem, de um cidadão acusado de ter violado e morto uma tia e a sua sobrinha.

O cidadão, de 42 anos, encontra- se no Comando Municipal do Sumbe, detido sob a acusação de ter vitimado mortalmente duas cidadãs nacionais, de 36 e oito anos de idade, por sinal tia e sobrinha.

O facto ocorreu no bairro da Pedra- 1, onde o suspeito aproveitou- se da calada da noite, introduziu- se no interior da residência das vítimas e sob ameaça de morte violou a cidadã de 36 anos de idade, de seguida asfixiou -a até à morte a ofendida e a menor de oito anos.

Esta não é a única notícia triste que vem das terras do Sumbe, pois um outro cidadão, de 47 anos de idade, funcionário de uma empresa de segurança privada, foi detido, ontem, pelas forças policiais do Comando Municipal do Sumbe, acusado de homicídio voluntário contra o seu colega.

Segundo o acusado, o facto ocorreu quando este efectuava a troca de turno com o seu colega. Por distracção, ao inspeccionar a arma, este não verificou a câmara onde havia uma munição, e fez o disparo sem direccionar o cano da referida arma ao ar, acção que vitimou mortalmente o seu colega.

O acusado já está sob custódia do Serviço de Investigação Criminal (SIC), para os trâmites legais que se impõem.