Editorial: A agricultura virou moda

Jornal OPaís edição 1947 de 01/09/2020

Quando o ministro do Comércio e Indústria, Victor Fernandes, mencionou na entrevista que concedera à TPA, para que se considerasse a inclusão de produtos nacionais no pequeno-almoço, quase que ía sendo trucidado, sobretudo pelos mais conservadores como se se tratasse de uma sugestão sobrenatural.

A decisão da retirada de alguns produtos existentes em larga escala no país, aprovada recentemente pelo Executivo angolano, veio mostrar, num curto espaço de tempo, que existe uma produção e os resultados são demonstrados todos os dias.

As feiras estão a ocorrer em todo o lado. Quase que de Cabinda ao Cunene. E numa delas demonstrou-se que é possível comer um bom pão feito à base de mandioca. Quem anda por este país, e acompanha os dados relativos à produção deste tubérculo, sabe que Angola está entre os principais produtores ao nível do mundo.

Por isso, mesmo que seja quase tradicional o recurso ao trigo, é possível que um dia destes a população, informada e actualizada, saiba que existem, sim, alternativas àquilo que lhes é vendido religiosamente pelas grandes cadeias internacionais ou chefes de cozinha.

leave a reply