Museu virtual da lusofonia no ‘Google Arts & Culture’ com 45 exposições sobre os países de língua portuguesa

Trata-se de um projecto criado pela Universidade do Minho que apresenta o universo da arte e da cultura dos países que têm o português como idioma oficial

O Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade da Universidade do Minho, em Braga (Portugal) lança, na próxima Sexta-feira, 4 de Setembro, o Museu Virtual da Lusofonia na plataforma Google Arts and Culture.

O museu estará disponível para acesso aos visitantes através da tag “Museu Virtual da Lusofonia” no endereço www.artsandculture. google.com e no seu lançamento contará com 45 exposições virtuais multimédia, 256 obras de arte, 112 fotografias, 98 programas de rádio, 19 filmes e dois documentários que remetem aos países de língua portuguesa.

A iniciativa vai mostrar o vasto universo da arte e a cultura dos países lusófonos, abrangendo Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe, Timor Leste, e estendendo-se à Galiza (Espanha) e Macau (China). O projecto inclui ainda a realização de debates e conferências através do canal do YouTube do Museu Virtual da Lusofonia.

Segundo o professor, investigador e director do Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade, Moisés de Lemos Martins, “a proposta do Museu é a de ser um espaço aberto para a participação activa dos cidadãos, mostrando registos que compõem a memória colectiva e a identidade das regiões, dinâmicas de interação e cooperação entre os países que possuem língua portuguesa oficial, com debates sobre o modo como passado colonial influencia as relações interculturais na actualidade”.

Exposições virtuais

No Museu Virtual da Lusofonia na plataforma Google Arts and Culture será possível viajar pela cultura e pela história dos países falantes de língua portuguesa.

Angola apresenta-se com “Cimentar Ligações: Uma narrativa através da imagem” percorre imagens de Luís Meneses, geólogo e fotógrafo amador, sobre as paisagens naturais, urbanas e a vida quotidiana da Angola.“Angola: A produção cultural através dos meandros da cidade” exibe intervenções da arte pelas ruas de Luanda, capital angolana.

Já o Brasil, com “Tiradentes: Um sopro do Norte de Portugal no Brasil” permite-nos explorar a arquitectura da cidade de Tiradentes, em Minas Gerais, reconhecer sobrevivências culturais do Norte de Portugal na cidade mineira, e apreciar as obras de um dos maiores artistas plásticos brasileiro, Aleijadinho.

Museu Virtual O Museu Virtual da Lusofonia foi criado pela Universidade do Minho fruto de um projecto, em 2017, para lançar uma plataforma de cooperação artística e cultural que pudesse abranger o espaço físico e virtual da língua portuguesa. Actualmente, é composto por uma equipa de profissionais da educação, agentes culturais e artísticos, jornalistas, profissionais da comunicação social, historiadores, sociólogos, políticos e investigadores de comunicação que realizam o levantamento e análise de todas as obras expostas.

A Google Arts and Culture é uma iniciativa sem fins lucrativos que trabalha com instituições culturais e artistas de todo o mundo. A ideia da plataforma é preservar e divulgar a produção artística e cultural, para que se encontre disponível para qualquer pessoa, em qualquer lugar.

 

leave a reply

error: Conteúdo Protegido!