79 por cento das pessoas que morrem por covid-19 no país têm idade acima dos 50 anos

Por:Maria Teixeira

Fotos de Nambi Wanderley

De acordo com Franco Mufinda, olhando para a análise da nossa estatística, os dados apontam que das 117 mortes registadas até hoje(ontem), 84 estão encontradas na faixa etária acima dos 50 anos de idade, que representa no obituário 79 por cento. “Por outras palavras, em cada 100 pessoas que morrem em Angola, por enquanto, de Covid-19, 79 por cento têm idade acima dos 50 anos”, revelou. Franco Mufinda, que falava na habitual actualização diária do balanço sobre a situação epidemiológica no país, informou que foram confirmados, nas últimas 24 horas, 59 novos casos de Covid-19 no país, dos quais um do município do Soyo, província do Zaire, nove de Cabinda e 49 de Luanda, registados concretamente em Belas, Viana, Cacuaco, Kilamba Kiaxi, Ingombota e Sambizanga.

Segundo o secretário de Estado para a Saúde Pública, os 59 novos casos positivos registados, ontem, têm idades entre um e 85 anos. Deste leque, 44 são do sexo masculino e 15 do sexo feminino. Por outro lado, Franco Mufinda, confirmou a morte de mais duas pessoas. Trata-se de cidadãos angolanos, um do sexo feminino de 74 anos e outro do masculino de 95 anos de idade, que faleceram, ontem, em Luanda, por Covid-19, cuja co-morbilidade é a hipertensão.

Entretanto, o governante anunciou a recuperação, nas últimas 24 horas, de mais 25 cidadãos angolanos com idades entre cinco e 54 anos, dos quais 23 são da província de Luanda e dois da Huíla. Com os novos dados, ontem anunciados, o país conta com 2.935 casos positivos, com 117 óbitos, 1.192 recuperados e 1.626 activos. Dos casos activos, três estão em estado crítico com ventilação mecânica invasiva, 22 estão  graves, 46 moderados, 45 com sintomas leves e 1.510 assintomáticos. Fez saber que neste momento estão internados 376 pessoas infectadas em diferentes centros de tratamento do país. Por outro lado, contou que a Equipa de Saúde Mental e Intervenção Psico-Social assistiu, nas últimas 24 horas, 249 pessoas, sendo 130 utentes, 116 foram técnicos de saúde e três famílias dos utentes.

Mais de 59 mil amostras processadas por RT-PCR até hoje

Nas últimas 24 horas, foram processadas 574 amostras à base de biologia molecular por RT-PCR, dos quais 59 positivas e 515 negativas. O total de amostras recebidas até agora pelo laboratório de biologia molecular por RT-PCR é de 59.888, dos quais 2.935 são positivas e 56.953 negativas. Por outo lado, o responsável contou que, nas últimas 24 horas, 102 pessoas receberam alta, sendo 38 na província de Luanda, 48 no Bié, oito no Namibe, cinco na Huíla, duas no Cuanza-Norte e uma em Malanje. O Centro Integrado de Segurança Pública (CISP) recebeu, no período em referência, 145 chamadas, das quais três denúncias de casos suspeitos de Covid-19 e 142 pedidos de informação sobre o vírus. Entre as actividades realizadas por províncias, Franco Mufinda fez saber que todas elas reportaram as actividades relacionadas com a colheita e envio de amostras a Luanda, formação de profissionais da saúde, bem como a testagem serológica que foi realizada em profissionais de saúde da Barra do Cuanza, caso especifico de Luanda.

leave a reply