Editorial: Resgate do Ensino Superior

Jornal OPaís edição 1953 de 07/09/2020

Um Programa de Retomada da Actividade Lectiva (PRAL) será apresentado hoje, em Luanda, pela Associação das Instituições do Ensino Superior Privadas Angolanas (AIESPA) para assegurar a continuidade do ano académico 2020.

O referido documento, segundo os proponentes, engloba modalidades de ensino à distância e semi-presencial, numa perspectiva integradora e inclusiva para todo o país, para o presente ano académico.

Seis meses depois de ter sido decretado o Estado de Emergência, as instituições do ensino superior continuam paradas, à semelhança do que ocorre noutros pontos do mundo. Só que as consequências económicas têm sido devastadoras e o número de despedimentos aumenta radicalmente.

As universidades são instituições que devem mesmo produzir ciência e soluções para os vários problemas que nos afligem. E, no que tange à Covid-19, em muitos países o retorno às aulas tem sido um problema por causa do aumento das infecções.

No nosso país, hoje as universidades privadas têm a possibilidade mostrar, com o plano a ser apresentado, que é possível assegurar “a continuidade dos processos de formação sem provocar rupturas epistemológicas e, consequentemente, retomar o funcionamento do subsistema do ensino superior em funcionamento, para um novo normal’.

O que se espera é que existam mesmo soluções para que se consiga caminhar e não se olhe apenas nas propinas para saírem do vermelho. É urgente que se retomem as actividades, a economia e consequentemente a vida das pessoas.

leave a reply