Morte do médico Silvio Dala sob inquérito

O ministro do Interior, Eugénio Laborinho, anunciou, ontem, em comunicado, que foi movido já um processo- crime junto da Procuradoria Geral da República(PGR), para apurar as circunstâncias que estiveram na origem da morte do médico pediatra Sílvio Dala.

Segundo o ministro, que mostrou- se constrangido com a morte do jovem médico, disse que, por dever de cautela, foi instaurado um inquérito para se aferir o que terá ocorrido na esquadra policial antes de o médico ter sido levado para o hospital do Prenda.

No comunicado, Eugénio Laborinho tranquilizou a família, informando que procedimentos estão a ser observados para apurar responsabilidades àqueles que eventualmente tenham relação directa com a ocorrência.

Segundo ainda Laborinho, a morte prematura do médico Sílvio Dala não abalou sou a sociedade, em particular a classe médica, as forças da ordem, mas pela forma repentina como ocorreram os factos.

Refira-se que o malogrado médico morreu Terça-feira, 1 de Setembro, no hospital do Prenda, de paragem cardíaca, segundo o portavoz do Ministério do Interior, cuja informação foi desmentida pela Ordem dos Médicos.

 

 

leave a reply